O modo estrito define que você não pode usar nenhuma variável antes de inicializá-la. É uma variante restrita do ECMAScript 5, para um desempenho mais performático e uma depuração mais fácil. Desde 2012, todos os navegadores modernos possuem suporte total ao ECMAScript 5.1. Em 17 de Junho de 2015, a ECMA International publicou a sexta versão do ECMAScript, que é oficialmente chamado de ECMAScript 2015, e foi inicialmente conhecido como ECMAScript 6 ou ES6. Desde então, as especificações do ECMAScript são lançadas anualmente. Essa documentação faz referência à última versão de referência, que atualmente é a ECMAScript 2018.

Por um lado isso é positivo, pois facilita a vida da pessoa desenvolvedora, mas por outro, essa tipagem dinâmica costuma ser a fonte de alguns bugs bem estranhos e isso divide opiniões em relação à tipagem dinâmica. A principal finalidade do https://www.jornaldealagoas.com.br/geral/2024/01/18/22446-curso-de-teste-de-software-drible-a-falta-mao-de-obra-no-mercado-de-trabalho é adicionar interação às páginas, tornando possível a interação entre usuários e as aplicações Web e evitando que uma página seja meramente estática ao mostrar informações. Além disso, por consequência da grande comunidade, a continuação da linguagem é incentivada, o que faz com que seja utilizada para implementação de várias ferramentas, desde aplicações de grandes empresas até jogos e bibliotecas. A década de 90 foi marcada por uma grande disputa no mercado dos navegadores. Nesse momento da história, a Netscape, responsável pelo Netscape Navigator, buscava se destacar na “guerra dos navegadores”.

Arrays

Se uma variável é definida fora de uma função ou bloco, ela é anexada ao objeto global e tem um escopo global, o que significa que está disponível em todas as partes do programa. Como você pode ver no exemplo acima, nosso código parece bem mais simples. Uma classe pode ser uma extensão de outra classe de modo que os objetos inicializados usando essa classe herdam todos os métodos Curso de teste de software: cresce procura por formação na área de T de ambas as classes. Existe um método especial chamado constructor(), que podemos usar para inicializar as propriedades da classe quando criamos uma instância de objeto. As funções podem ser atribuídas a uma propriedade de função e, nesse caso, são chamadas de métodos. É basicamente o mesmo que while, mas a condição é avaliada depois que o bloco de código é executado.

  • Dentro de um ambiente de host (por exemplo, um navegador da Web), o JavaScript pode ser conectado aos objetos de seu ambiente para fornecer controle programático sobre eles.
  • Na tecnologia temos a área de desenvolvimento de software, onde há altos investimentos e poucas pessoas para suprir a demanda por especialistas.
  • Trata-se da modelagem de todo o HTML, ou seja, ele é gerado pelo navegador para representar a sua página Web inteira.
  • Como aprendemos, JavaScript te dá diversas opções de como seguir na carreira de dev, portanto, caso queira se aprofundar em front-end recomendamos a formação JavaScript para Front-end.

Então, a biblioteca é uma ferramenta, que você pode optar por utilizar ou não. Nesse momento, você pode estar se perguntando qual a diferença entre framework e biblioteca, por eles terem alguns objetivos parecidos, mas vamos passar com calma para entender a diferença entre eles. A Internet é um lugar perigoso e o JavaScript não escapa à regra. É comum acontecer de aplicações Web ficarem indisponíveis devido a ataques maliciosos, e até mesmo de acontecer o vazamento de dados dos usuários dessas aplicações pelo mesmo motivo. Para se ter uma ideia de como é esse sistema de código binário, recomendo a leitura do artigo Entenda o sistema de Código Binário.

Node.js

JavaScript é uma linguagem de script orientada a objetos e plataforma cruzada usada para tornar as páginas da Web interativas (por exemplo, com animações complexas, botões clicáveis, menus pop-up etc.). Há também versões mais avançadas do lado do servidor do JavaScript, como Node.js, que permitem adicionar mais funcionalidades a um site do que baixar arquivos (como colaboração em tempo real entre vários computadores). Dentro de um ambiente de host (por exemplo, um navegador da Web), o JavaScript pode ser conectado aos objetos de seu ambiente para fornecer controle programático sobre eles. Neste módulo, vamos explorar o que são as APIs e como usar algumas das APIs mais comuns que você encontrará com frequência em seu trabalho de desenvolvimento. O motivo de precisarmos entender o DOM, se deve ao fato de que o JavaScript irá utilizá-lo para se conectar ao HTML. Por isso, conseguimos navegar dentro da nossa página Web utilizando o JavaScript, além disso, vamos conseguir alterar elementos, mudar como os elementos estão sendo mostrados, adicionar funções, interatividade, mapas, listas e diversos conteúdos.